MULTIARTISTA PROMETE EMPOLGAR PÚBLICO EM SHOW INÉDITO DURANTE O MISS NIKKEY

Vinte e dois anos de idade. Olhar de garoto. Simpático. Um sorriso cativante. E um profissional de primeira. Na verdade, profissionalmente, podemos classificá-lo de multiprofissional - genética rara de artista aqui no Brasil, País acostumado a ter profissionais da arte atuando apenas em uma categoria: ou ator, ou cantor ou dançarino.
Moroni Cruz, nascido em Juiz de Fora (MG), criado no Sul do País e nos EUA, desde pequeno revelou seu interesse artístico ao acompanhar sua mãe a corais em igrejas. Agora, ele promete apresentar um pocket show (pequeno show) inédito e exclusivo na 10ª edição do MissNikkey, hoje a partir das 21h30, na sede campestre do Nikkey Clube de Marília.
Ao receber o convite para se apresentar no evento, Moroni Cruz confessa que ficou muito lisonjeado, pois declara ser um trabalho de grande responsabilidade. “Sempre me apresentei em grupo. Este será meu primeiro show solo”, relatou mostrando querer superar o novo desafio.
A interação com o público pretende ser completa. Segundo o multiartista, quem estiver acompanhando vai pular - e muito. Ao todo serão apresentadas seis músicas no intervalo do MissNikkey. Haverá ainda uma participação especial com a cantora Jullie, que já gravou com o grupo americano Jonas Bhothers, que cantará “Eu não mudaria nada em você”.
Muitas surpresas são aguardadas no palco quando ele, na companhia de um grupo de cinco dançarinos de uma academia de Marília, irá demonstrar seus talentos no canto e na dança - ao mesmo tempo. Neste tipo de apresentação, Moroni Cruz confessa que o profissional tem que ter bom preparo físico: “Não é nada fácil. Haja fôlego!”.
O diretor-geral do show Matheus Lara explica que definiu o repertório das músicas com Moroni Cruz e analisaram muitos vídeos para chegar a uma conclusão definitiva. “Nossa intenção é fazer de um show pequeno um grande espetáculo para quem estiver assistindo”.
“Queremos fazer um show envolvendo a plateia. Trazer um artista voltado para o canto infanto-juvenil para empolgar de crianças até adultos”, explica a responsável pela parte coreógrafa, Simone Lima. Ela ressalta que a equipe toda elaborou as coreografias. Um desafio, já que foge ao estilo de trabalho da academia de dança, que é o balé clássico.
Na arte de representar, Moroni Cruz foi um dos oito ganhadores do reality show “High School Musical - A Seleção”, em 2008, entre os 30 mil inscritos. Depois saiu em turnê pelo Brasil com o grupo “High School Musical” e participou das filmagens de “High School Musical - O Desafio”, primeiro longa metragem da Disney no Brasil, exibido em todo o País. O multiartista ainda está na série “Quanto toca o Sino”, representando “Rodes” - um dos principais personagens. O seriado é apresentado diariamente às 19h15 no Disney Channel.
(Thauller - Leandro Souza)

Fonte: JORNAL DA MANH
20/4/2012
[Verso para impresso]
  BY COMBR