Atletas do Nikkey/Sasazaki/Marilan brilham no Sul Americano de Softbol

Atletas do Nikkey/Sasazaki/Marilan  brilham no Sul Americano de Softbol

     Integraram seleção brasileira que conquistou título na Colômbia

               

            As meninas do Nikkey Marília/Sasazaki/Marilan, Bárbara Narazaki e Beatriz Martins Alves, brilharam no Sul-americano de Softbol Feminino Sub-18, disputado no último final de semana na Colômbia. Elas fizeram parte da seleção brasileira que venceu na final a seleção mexicana por 4 a 3, conquistando mais um importante título para o Brasil.

 

            Bárbara Narazaki iniciou no Softbol com 11 anos, tendo sido campeã brasileira pela equipe Nikkey Marília adulta neste ano. Já Beatriz Martins Alves, começou nesse esporte um pouco mais cedo (com 9 anos) e também conquistou títulos importantes, como campeã Sul Americana em 2015 com a Seleção Brasileira sub 15. Ambas tem 16 anos. Elas já estão voltando ao Brasil e serão recebidas com muita festa pela família, diretoria e demais colegas do Nikkey Marília.

 

            “O Nikkey Marilia, patrocinado pelas empresas Sasazaki e Marilan, e com os apoios da Prefeitura Municipal de Marilia e Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de Sao Paulo,  tem formado muitos atletas para as seleções de Beisebol e Softbol. Esses apoios, juntamente com melhor estrutura física do país, os melhores técnicos e equipe de mais de cem colaboradores são as razões desse sucesso. Em 2016 foram mais de 20 atletas convocados. Em nenhum outro esporte Marilia tem tantos atletas em seleções brasileiras”, afirmou o vice-presidente de Esportes do Nikkey, Sérgio Narazaki.

 

            DISPUTA - O 1º Campeonato Sul-americano de Softbol Feminino Sub 18 foi disputado em Cartagena – Colômbia, com a participação das seleções da Argentina, Peru, Colômbia, México, Brasil e Aruba. Apesar do campeonato ser sub-18, o Brasil participou com meninas de até 17 anos.

 

            Logo na estreia, o Brasil venceu o México por 11 a 1, a mesma seleção que acabou encontrando na final do torneio (conseguiu a vaga na final após vencer a seleção Argentina por 3x2 na repescagem), enquanto que a seleção brasileira permaneceu invicta.

 

           A seleção da Argentina, grande campeã do passado, e com quem o Brasil tem grande rivalidade, foi vencida pelo Brasil por duas vezes: na fase classificatória (5 x 4), e na semifinal (4 x 1).

           

            A partida teve que ser interrompida por causa da chuva, quando as meninas do Brasil venciam por 1 a 0. Após 3 horas de espera as seleções voltaram a campo e as brasileiras trataram de ir para cima marcando três corridas no 2º inning, as mexicanas foram atrás do placar anotando 2 corridas na 2ª e uma na 5ª, mas a reação ficou por ai e o Brasil sagrou-se campeão.

 

 

____________________________________________________________________

Nikkey Clube de Marília - Assessoria de Imprensa

Jornalista responsável: Klaus A. Bernardino (MTb 33.656)

Contatos: 99700-2463//3306-6391

28/10/2016
[Verso para impresso]
  BY COMBR